Consumo dos brasileiros deve crescer 3% neste ano

Fonte: Redação SM

Movimentação prevista é de R$ 4,4 trilhões

Após anos de recessão, os gastos dos brasileiros devem chegar neste ano a R$ 4,4 trilhões, um aumento real de 3% na comparação com 2017. A projeção é do IPC Maps, especializado no cálculo de índices de potencial de consumo nacional, com base em dados oficiais. Caso confirmada a estimativa, significará um acréscimo de R$ 240,7 milhões sendo movimentados na economia do Brasil.

De acordo com o estudo, o Sudeste segue liderando com folga o consumo no País, com 48,81% de representatividade, um ligeiro crescimento em relação aos 48,78% de 2017. Em segundo lugar aparece a região Nordeste, que mantém os 18,84% de participação do ano anterior. Já a região Sul amplia sua participação no consumo para 18,07% contra 17,94%. Por outro lado o Centro-Oeste registra queda de 8,51% em 2017 para 8,39% agora. O mesmo acontece com a região Norte, que no ano passado representou 5,93% dos gastos dos brasileiros e, neste ano, sofre pequena redução para 5,89%.