Mercado masculino em foco

 

Homens brasileiros estão mais vaidosos

Nos últimos seis anos, o mercado masculino de cuidados pessoais brasileiro quase dobrou de tamanho. Somente no ano passado, o faturamento chegou a R$ 19,6 bilhões, resultado 10,6% maior do que 2015. O Brasil é o segundo em consumo de produtos masculinos no mundo, atrás somente dos Estados Unidos.

Os dados são da Euromonitor International que prevê, com as projeções de crescimento anual da empresa, o crescimento do segmento masculino em cerca de 7% até 2019. Confirmando a pesquisa, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticas (Abihpec) ao Instituto Qualibest, aponta que 43% dos homens entrevistados são supervaidosos.

“A rotina do homem brasileiro moderno requer uma grande diversidade de produtos de cuidados pessoais para praticidade do dia a dia. A indústria está atenta e vem disponibilizando não somente produtos habituais, mas também novidades e inovações, a fim de atender às demandas de um consumidor cada vez mais exigente”, comenta o presidente executivo da Abihpec, João Carlos Basilio.

Fonte: Revista América Economia

Foto: Shutterstock